Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

6 dicas para viajar com crianças para o exterior

Tirar férias em família é sempre uma boa oportunidade para relaxar, se divertir e ficar mais próximo dos entes queridos. Mesmo assim, viajar com crianças, principalmente para o exterior, tem seus desafios.

É necessário tomar cuidados especiais em todas as etapas, desde escolher o destino até o cronograma da viagem. Quer conferir dicas de como viajar com crianças com tranquilidade? Continue a leitura!

1. Escolhendo para onde viajar com crianças

Na hora de escolher o destino, leve em consideração o que cada membro da família gosta e procure um ponto em comum. Antes da decisão, mostre as opções, de preferência com fotos e vídeos falando o que há de legal em cada lugar. Escolher cidades com múltiplas atividades para todas as idades, como Orlando, é uma saída que muitos pais procuram.

Leve em conta o seu orçamento. Pense que a viagem é muito mais que passagens e hospedagem – planejar o que pretende visitar, o quanto gastar em alimentação, transporte e passeios é necessário para uma viagem tranquila com as crianças.

Outra opção é escolher resorts ou outros complexos com grande estrutura de lazer e segurança. Não se esqueça de checar o que o hotel oferece para facilitar sua estadia. Disponibilizar carrinhos, berços, banheira e até serviço de babá é um diferencial para o seu conforto.

2. Solicitação do passaporte e visto

Antes de tudo, é necessário tirar o passaporte dos pequenos. Além dos documentos comumente solicitados, para tirar passaporte de menor de idade é necessário alguns passos extras:

  • Certidão de nascimento original;
  • RG e CPF dos genitores;
  • Menores de quatro anos terão passaporte com validade de acordo com tabela vigente.

Para mais informações sobre a documentação, confira o site da Polícia Federal. Feito o requerimento online e pago a GRU, assim como para tirar passaporte de adultos, é indispensável que ambos os genitores acompanhe a criança no dia da emissão. Se não for possível, é necessário levar autorização com firma reconhecida em cartório.

Caso o país que vá conhecer exija visto, busque as informações necessárias para conhecer as exigências e agende com antecedência a entrevista no consulado relativo ao país em questão.

3. Seguro viagem e visita ao médico

É de extrema importância fazer um seguro-viagem antes de sair de férias com as crianças. Se você ou um de seus filhos precisar de atendimento médico ou qualquer outra emergência acontecer, o seguro vai te ajudar. Viajar com crianças com seguro viagem torna as férias muito mais tranquilas.

Toda mudança de ambiente pode causar reações físicas relativas à adaptação das crianças a um novo clima, que podem ser incômodas. Para se preparar para essas possíveis reações, não esqueça de marcar uma consulta com o pediatra antes mesmo de começar a planejar a viagem. O profissional será capaz de oferecer dicas com base no histórico dos pequenos e avaliar como eles estão. Não deixe de marcar mais uma consulta perto da viagem.

4. Arrumando as malas

Lembre-se que há limite de bagagens, e ninguém gosta de pagar a taxa extra. Crianças com menos de dois anos não pagam passagem, mas também não têm direito a bagagem própria. Por isso, em caso de dois filhos, leve tudo em apenas uma mala ou organize para que caiba na sua cota.

Se for viajar com duas crianças, separe a mala em dois e coloque os pertences de cada um de um lado. Fazer os famosos rolinhos e montes de roupa ajudam a economizar espaço na mala. Arrumar em conjuntinhos próprios para cada dia também facilita o processo.

Além de roupas, sapatos e produtos de higiene, lembre-se de levar brinquedos, livros e outros itens que entretenham as crianças durante a viagem. Não esqueça de levar alguns desses itens também na bagagem de mão, pois voos internacionais podem ser muito longos e cansativos. Dê preferência para mochilas, para ter as mãos livres.

5. Programando o orçamento

Em viagens, nós gastamos com lembranças para pessoas queridas e itens que gostamos, além de nos permitir refeições especiais – e mais caras. A criança também tem esses desejos, por isso, estabeleça um orçamento para cada criança antes da viagem.

Se a criança já for maior, converse com ela antes da viagem, explicando o quanto ela poderá gastar com o que ela quiser. Além de lhe ajudar no planejamento financeiro, é uma ótima forma de ensiná-los a se organizar financeiramente.

Reservar uma quantidade de dinheiro para possíveis emergências também é recomendado. Assim, você não será pego completamente de surpresa.

6. Mantendo contato durante a viagem

É essencial que a família esteja em contato constante com os companheiros, principalmente quando há crianças envolvidas. Além de imprevistos, pode ser que surja uma necessidade de separar os grupos.

Evite depender do WiFi nesses momentos e não gaste um absurdo com as taxas de roaming. Que tal juntar facilidade com economia na sua próxima viagem?

Conheça o Flexiroam X, microchip de dados internacionais que funciona em mais de 140 países, servindo para todas as suas viagens!

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes
Esse conteúdo foi útil?
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *